quarta-feira, 10 de maio de 2017

,

Atenção redobrada sobre as condutas de vida

COMPARTILHE
Paulo sempre conclamava os novos convertidos a olharem sempre para Cristo e também para o testemunho pessoal de vida dele e dos seus companheiros de pregação (1 Tess. cap 1, ver 6), que renunciavam a tudo em função da subserviência ao Reino de Deus - eles viviam realmente uma vida reta, santa e contrita ao Senhor; e tinham bastante interesse que as pessoas em redor passassem a ter uma boa conduta e levassem muitas outras a terem bons procedimentos espirituais também.

Pode-se ter uma uma boa noção disto ao se ler o curto livro de 1 Tessalonicenses, por exemplo. Uma carta escrita por Paulo, Silvano e Timóteo (cap 1, ver 1) aos novos convertidos de Tessalônica.

Resultado de imagem para apostolo pauloTemos uma alta responsabilidade na qualidade de servos de Deus, pelo fato de muitas pessoas nos observarem como referências de fé. E se tivermos uma fé pautada em práticas, condutas e comportamentos nocivos? Quantas pessoas neófitas (principiantes na fé assim como muitos em Tessalônica) estaremos doutrinando incorretamente com base naquilo que transmitimos a elas? E quantos mais discípulos estas pessoas farão com base nos erros que observarem, aprenderem e imitarem de nós? Achando estarem "progredindo" com Deus elas estarão, na verdade, regressando e levando outras igualmente ao regresso.

"Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais." 1 Tessalonicenses 4:1

Aos que servem a Deus vale atenção redobrada sobre as condutas de vida. Temos naturalmente um poder de influência espiritual negativa ou positiva sobre as pessoas. Que este poder, na sua vida, caro leitor, seja usado para glorificar o nome de Deus e fazer com que outras vidas progridam na caminhada com Ele.

Para o Geração Jovem,
Vinicius Brito - www.diantedoreino.org

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?