sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Fim dos tempos: Instituições religiosas e seus ministros já buscam tomar a glória do Altíssimo! Estaria Cristo dividido?

Enquanto alguns buscam aplausos para si, outros se especializam (em alguns casos sem se darem conta) na migração da glória que deveria ser imputada somente a Deus...

Este é um problema antigo. Logo no início da Igreja o apóstolo Paulo desferiu uma palavra dura contra aqueles que estavam disputando por seguir fulano ou sicrano. É como se hoje houvesse uma discussão sobre o melhor pastor a ser seguido:

"Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois CARNAIS? Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento." 1 Coríntios 3:4-7

Se ele (Paulo) chega a qualificar de CARNAIS aos que buscavam aos homens, o que ele diria se visse hoje aos que orgulhosamente batem no peito dizendo pertencer a instituição A, B ou C (QUE APENAS AJUDAM NA DIFUSÃO DO EVANGELHO), exaltando-as acima do nome de DEUS – que DÁ O CRESCIMENTO, OPERA E REALIZA MILAGRES E TRANSFORMAÇÕES?

Não podemos em hipótese nenhuma glorificar e exaltar instituições - até mesmo e principalmente as religiosas. O Senhor Jesus Cristo continua sendo o ÚNICO digno de adoração, louvor e exaltação. Muitos se esquecem deste princípio básico da fé e acabam transferindo a glória devida ao Eterno para suas agremiações gerando um clima muito parecido aos dos torcedores fanáticos e seus devidos times de futebol.

"Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome [...]" Salmos 29:2

O que deve prevalecer, A-P-E-N-A-S, é o respeito a toda e qualquer instituição e seus ministros que tenha verdadeiramente como foco a fé. Precisamos entender que o Nome do Senhor está infinitamente acima da diversidade denominacional. Uma igreja propaga e divulga a Palavra aos quatro cantos e tem essa OBRIGAÇÃO pelo fato de ter se PROPOSTO a isso. Qualquer igreja e qualquer ministro é NADA diante do PODER DE DEUS. A humilhação, o enfrentamento do escarnecimento, o sacrifício, o derramamento de sangue em prol das almas ocorreu na Cruz do Calvário.

"Porque fostes COMPRADOS POR BOM PREÇO; glorificai, pois, a DEUS [...]" 1 Coríntios 6:20

Reflita, pare, pense FRIAMENTE e com base na Bíblia: Quem vai por este caminho (de glorificar homens e agremiações) pratica desserviço ao Reino de Deus, vai contra a Palavra e por tabela prejudica drasticamente a sua própria comunhão com o Senhor.

Para o Geração Jovem,

Vinicius Brito - www.diantedoreino.org

SOBRE O AUTOR

Diante do Reino

Colunista & Editor

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido [...]" 1 Pedro 2:9a.

Postar um comentário

 
Geração Jovem - Site Oficial © 2017 - Vamos Mudar o Mundo. Todos os direitos Reservados - Fornecido por CC
PageRank