quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Cristão é crucificado pelo Estado Islâmico: “Se ama tanto a Jesus, morrerá como Ele”.

Os extremistas do Estado Islâmico perseguem, capturam e matam cristãos nas áreas em que estão controlando, e um exilado relatou a crueldade do grupo à organização World Watch Monitor.

O cristão iraquiano Esam, da região de Qaraqosh, dominada pelos extremistas, contou que seu cunhado foi crucificado “da mesma forma que Jesus”, na presença de sua esposa e filhos, que foram obrigados a assistir a execução.

Esam fugiu da região com sua esposa e três filhos, mas vários parentes não tiveram a mesma sorte. Qaraqosh é uma área predominantemente cristã e passou a ser controlada pelo Estado Islâmico em 2014.

Ele contou que recebeu um ultimato quando os extremistas tomaram a região: “Saiam, convertam-se ao Islã, paguem um imposto de proteção ou serão mortos”. Diante do cenário, ele resolveu sair, mas soube que os que se recusaram, foram mortos.

“O irmão de minha esposa foi crucificado pelo Estado Islâmico”, disse Esam, segundo informações do Gospel Herald. “Ele foi crucificado e torturado na frente de sua esposa e filhos, que foram obrigados a acompanhar tudo. Os terroristas disseram que se ele amava tanto a Jesus, deveria morrer como Jesus”, relembrou.

Os extremistas torturaram o cunhado de Esam por cinco horas, e depois de pendurá-lo na cuz, esfaquearam-no no estômago e atiraram nele, deixando-o lá. Os filhos e a esposa desse mártir foram ajudados por uma entidade sueca, que facilitou os trâmites para que eles fossem viver na Suécia.

Um casal cristão, parentes da esposa de Esam, foi aprisionado pelos extremistas, que nunca fizeram uma “audiência” com o homem. Já a mulher “agora vive com um dos militantes do Estado Islâmico”, segundo Esam. Outras meninas de sua cidade natal foram levadas como escravas sexuais: “Ouvimos falar de 12 meninas cristãs que estão com o Estado Islâmico. Pode haver mais delas nessa situação. Nosso bispo disse às pessoas para não dizerem se eles perderem suas meninas: é uma vergonha para a família”, lamentou.

Atualmente, Esam e sua família aguardam a Jordânia autorizar sua entrada como refugiado, assim como milhares de outras famílias cristãs. Com informações Gospel Prime

SOBRE O AUTOR

Rinaldo Ribeiro

Colunista & Editor

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido [...]" 1 Pedro 2:9a.

Postar um comentário

 
Geração Jovem - Site Oficial © 2017 - Vamos Mudar o Mundo. Todos os direitos Reservados - Fornecido por CC
PageRank