quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Apesar da perseguição, número de cristãos cresce.

Os dados mostram que 6,2% da população se declara cristão, número maior do que o Censo de 1973 que mostrava 4,6% de cristãos naquele país.

Mas para o Ministério Portas Abertas esse número apresentado pode ser inferior à realidade, pois os cultos domésticos funcionam com regularidade e se transformam em grandes grupos de cristãos.

A demora da divulgação do Censo tem um motivo político: o grupo nacionalista Ma Ba Tha já declarou que a população muçulmana e as demais minorias religiosas são uma ameaça para a nação budista.
O governo temia que ao mostrar o Censo com os dados de que esses grupos estão crescendo, o grupo voltasse a promover confrontos, prejudicando a paz no país.

Mas vale dizer que em Mianmar os cristãos são perseguidos, mesmo com as ações das autoridades que tentam barrar que budistas radicais se coloquem contra a essa minoria religiosa.

Quanto ao número de muçulmanos, o Censo mostra um crescimento lento dos “Rohingyas”, grupo que não é contato no censo por não ter sua origem conhecida. São muçulmanos, mas não sabem de onde vieram. Muitos dizem que são de Mianmar mesmo, outros de que vieram de Bangladesh. informações Gospel Prime

SOBRE O AUTOR

Rinaldo Ribeiro

Colunista & Editor

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido [...]" 1 Pedro 2:9a.

Postar um comentário

 
Geração Jovem - Site Oficial © 2017 - Vamos Mudar o Mundo. Todos os direitos Reservados - Fornecido por CC
PageRank