quinta-feira, 19 de novembro de 2015

,

"Quarto de Guerra": A oração é o caminho para a família brasileira.

COMPARTILHE
O filme Quarto de Guerra, dos mesmos criadores de Desafiando Gigantes, À Prova de Fogo e Corajosos, chega ao Brasil no dia 3 de dezembro. Confira os locais de exibição, aqui. A nova produção dos irmãos Kendrick aponta a oração como um caminho para o crescente número de dissoluções matrimoniais no meio cristão, um problema que, infelizmente, tem apresentado um péssimo testemunho diante da sociedade.

No Brasil, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou no CENSO 2010 que a taxa geral de divórcios atingiu o seu maior índice em 26 anos: 1,8 por mil habitantes. Além disso, o cruzamento entre dados de estado conjugal e religião, realizado pelo NEPO (Núcleo de Estudos de População), da Unicamp, apontou que a fé não impede a dissolução conjugal, pois 83,1% dos casos são entre pessoas que se denominam cristãos.
De acordo com a prª Elizete Malafaia, líder do departamento de Mulheres Vitoriosas na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, “o número de divórcios tem aumentado justamente porque as pessoas ainda não entenderam que o inimigo não é o cônjuge, mas satanás. Ele está apenas sendo um canal de satanás nesta Terra quando mente, trai ou provoca qualquer tipo de confusão, através das brechas que abre em sua vida”.  E o pr. Salomão completa ao dizer que “... ele não é o inimigo. Ferir o cônjuge é dar um tiro no pé, pois os dois são uma só carne. Não existe alegria completa quando o cônjuge está aborrecido... nosso inimigo mais perigoso é o pecado que habita em nós, o orgulho”. Portanto, na expectativa de fazer um alerta à sociedade, o filme Quarto de Guerra apresenta a oração, uma arma tão poderosa, para combater essa lamentável estatística. Segundo a coordenadora regional no Sudeste do Ministério Desperta Débora, Maria José Vieira, “a oração estreita os laços nos relacionamentos, quebrando as diferenças pessoais. E também promove a paz e a harmonia no ambiente familiar”. Além disso, a prª Elizete Malafaia complementa ao dizer que “esse alerta do filme é importantíssimo, pois as pessoas vão entender a necessidade de se prepararem para a batalha no mundo espiritual”.

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?