quinta-feira, 28 de julho de 2016

Sou cristão posso ficar de Sunga ou Biquíni na praia?

Muita gente diz que esse assunto é besteira e que podem sim ficar a vontade na praia ou na piscina, vamos ver nessa matéria, se é verdade mesmo. Ir a praia não é pecado, porém a forma como vamos pode ser o grande problema.

Usar sunga é sensual para as mulheres, tem homens que não se contenta e ainda coloca sungas transparentes e pequenas, de igual modo as mulheres que usam biquínis muito sensual, provocando os homens que estão ao seu redor em Mateus 5:28 fala “Mas eu digo: Qualquer que olhar para uma mulher e desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.” Não é só para homens, isso serve para as mulheres também. Não estamos dizendo que os homens devem ir de terno e as mulheres de vestidos, só que devemos está atentos a isso, talvez você diga que não tem nada a ver se alguém vai está pecando ao olhar pra você, mas pela palavra de Deus temos total responsabilidade sim, veja o que diz em Mateus 18:15
Se teu irmão pecar contra ti, vai e, em particular com ele, conversem sobre a falta que cometeu. Se ele te der ouvidos, ganhaste a teu irmão.
Veja também o que diz Ezequiel 1:18
Quando Eu falar ao ímpio: ‘Certamente morrerás!’, se não o advertires e não disseres nada para preveni-lo sobre seu caminho errado e danoso, a fim de salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá por causa da sua própria malignidade; contudo, Eu exigirei da tua mão o sangue dele, porquanto recebeste a responsabilidade de pregar àquela pessoa.

Então é bom ter muito cuidado, pois temos responsabilidade com a vida de nosso próximo também. Agora eu dizer que é pecado, estaria sendo muito radical pois Pecado significa erra o alvo, talvez você não esteja errando o alvo, mais ta fazendo alguém errar, então não pense somente em si mesmo, pense no próximo.

A bíblia não condena o uso de tais “vestes”, o que a bíblia condena é a sensualidade que significa de uma forma mais ampla: dado a deleites, ou seja, aos prazeres da sensualidades, concluindo, portanto, não se dê aos prazeres da sensualidade. Seja você o seu próprio juiz/juíza e venha analisar sua posição perante o DEUS TODO PODEROSO, julgando se está te edificando e edificando a outros; ou se está te levando ao poço da prostituição, lascívias e outros pecados.Lascívia? Significa sexualidade, caráter erótico, e sexualidade (lascívia) é pecado.Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, Gálatas 5:19

Devemos lembrar que a praia, ou qualquer outro lugar jamais pertencerá ao Diabo; ele não é o criador de nada, não tem poder ou capacidade para isso e não possui nada, portanto a praia não é do Diabo e sim de Deus! Em I Co 10:26 – “Porque a terra é do Senhor e toda a sua plenitude”.
O problema não está na praia em si; mais nas pessoas que frequentam a praia; porém este mesmo problema haverá nas pessoas que frequentam o seu trabalho; a padaria; a sorveteria e até mesmo a sua casa. Por causa disso Jesus disse: João 17:15 - “Não quero que os tire do mundo, mas que os livre do mal”. A praia é um local público e foi criada por Deus! Nela podemos ir para distração, exercício, levar os nossos filhos etc.

Claro que ninguém vai à praia todo coberto, mais você pode ir a uma praia sem está sensualizando de sunga ou biquine. Cuidado com as fotos que você posta nas Redes Sociais, tirar foto de sunga ou de biquíni é pecado, o seu corpo não foi feito para mostrar ao mundo, se guarde para o seu casamento. 
 Romanos 6:12-13 - "Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. 


Existe muitas bermudas e roupas, mas compostas que você pode ir a praia sem causar escândalos aos ímpios, tenha bom senso, não precisa ir parecendo um alienígena ou um mutante, você pode escolher uma roupa 'crente' para está nestes locais públicos, veja a baixo algumas dicas:





E se prepare porque vai chegar no Brasil Sunga estilo fio-dental para homens essa onda já começou no Reino Unido e vai chegar aqui também, dessa é que não pode mesmo viu.

Por Rinaldo Ribeiro
Agradecimentos ao site Garotos Evangélicos, Sempre em Cristo e Semeando a Palavra pela Graça de Deus

SOBRE O AUTOR

Rinaldo Ribeiro

Colunista & Editor

Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido [...]" 1 Pedro 2:9a.

14 comentários:

  1. O crente deve morrer para o mundo e a praia é lugar de exibição e nudez,vai está presente nesse ambiente e ser tentado a olhar e certamente não estará agradando a Deus.

    ResponderExcluir
  2. O crente deve morrer para o mundo e a praia é lugar de exibição e nudez,vai está presente nesse ambiente e ser tentado a olhar e certamente não estará agradando a Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É todos nos devemos nos policiar, sei que esse assunto divide opiniões mas temos que ter cuidado, pois somos cristãos!
      Deus te abençoe Emerson!

      Excluir
  3. Olha, eu uso sunga de praia, porém ela é comportada, não é exagerada, não me sinto cobrado por usar, quando vou a praia não vou com intenção de pecar,é so trabalhar a mente,pior quando as pessoas postam nas redes sociais o modo que se veste na praia, sempre tem alguem pra julgar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como falamos no post Alan a gente pode levar outras pessoas a pecar, mas como você diz que vc usa sunga comportada então não te com o que se preocupar. Estaremos sempre rodeado de uma tão grande testemunha e precisamos está atentos a isso como cristão que somos

      Excluir
  4. Eu não consigo pensar em sunga comportada, qual a diferença dessa sunga com uma cueca box ?
    complicado né! acho que tem que ter renuncia e eu prefiro usar um short ou um calção.

    ResponderExcluir
  5. Não existe sunga comportada e nem biquini comportado, é apenas cueca e calcinha e sutiã feitos de material elástico.

    ResponderExcluir
  6. Realmento temos que ter cuidado pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna

    ResponderExcluir
  7. Acho que todo cristão verdadeiro não deveria ir a praia na alta temporada, pois nas últimas décadas a praia virou e está piorando, se tornando um lugar de pecado por causa das pessoas mal vestidas.

    ResponderExcluir
  8. Sou cristã, e n é errado ir a praia claro que so e vigiar, ate pq na Palavra de Deus nos diz que não devemos se isolar do mundo mas sim vigiar. O cristão tem de passear com ordem e deacencia, o apostolo Paulo nos diz q nem tudo nos convem mas reter o que é bom, então não e tudo que um cristao ouver que vai falar pq n nos convem, n e tudo que vemos q vamos fazer oq e errado. Entao pessoal n é errado n um cristao passear, ir ao shooping temos tb de desfrutar das maravilhas de Jesus aqui na terra mas claro vigiar a todo instante.

    ResponderExcluir
  9. Jesus nos criou, para adorar e ele, desfrutar das maravilhas dele, e tb pra ter contato com as pessoas e n viver isolado do mundo.

    ResponderExcluir
  10. A paz de Cristo a todos!

    Não vejo problema em. Cristãos frequentarem uma praia, desde que seja longe da aglomeração pagã, desde que o rapaz esteja com camisa sem manga e short; e a moça esteja de short e camiseta.

    Sobre biquíni pras cristãs e sunga pros cristãos:

    A única diferença entre biquíni e SUTIÃ-e-CALCINHA é o tipo de pano usado na confecção.
    A mesmo entre sunga "comportada" e uma CUECA BOX.

    Portanto a cultura munda a cegou os olhos dos ímpios e tem cegado os olhos de muitos Evangélicos.

    Acordem, povo de Deus!

    Jesus Cristo afirmou que devemos carregar uma cruz:
    Viver em santidade, renunciando os prazeres enganosos e passageiros que o pecado nos oferece.

    "Porquê Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que n'ELE cre, não pereça, mas ganhe a vida eterna."
    (João 3:16)

    Que Yahweh (o Nosso Pai Eterno) dê sabedoria e serenidade a todos nós, em nome de Jesus Cristo, o Nosso Salvador!

    ResponderExcluir
  11. *correção:

    A paz de Cristo a todos!

    Não vejo problema em Cristãos frequentarem praia, desde que seja longe da aglomeração pagã, desde que o rapaz esteja com camisa sem manga e short; e a moça esteja de short e camiseta.

    Sobre biquíni pras cristãs e sunga pros cristãos:

    A única diferença entre biquíni e SUTIÃ-e-CALCINHA é o tipo de pano usado na confecção.
    A mesmo entre sunga "comportada" e uma CUECA BOX.

    Portanto a cultura mundana cegou os olhos dos ímpios e tem cegado os olhos de muitos Evangélicos.

    Acordem, povo de Deus!

    Jesus Cristo afirmou que devemos carregar uma cruz:
    Viver em santidade, renunciando os prazeres enganosos e passageiros que o pecado nos oferece.

    "Porquê Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que n'ELE cre, não pereça, mas ganhe a vida eterna."
    (João 3:16)

    Que Yahweh (o Nosso Pai Eterno) dê sabedoria e serenidade a todos nós, em nome de Jesus Cristo, o Nosso Salvador!

    ResponderExcluir
  12. O banho ao ar livre em praias e piscinas é higiênico e saudável, pode ser uma honesta forma de recreação; em si mesmo não é mau e, portanto, lícito. Contudo, com a desculpa de ser por motivos de higiene, saúde ou descanso, são cometidos, hoje, gravíssimos escândalos.
    Não se trata de coibir uma natural, lícita e saudável expansão, nem o uso dos bens que Deus outorgou ao homem para sua conveniente higiene e para a recreação do corpo e do espírito; mas de forma alguma é permitido, e é pecado grave, que, aproveitando-se dessas ocasiões, os costumes honestos sejam abandonados, consinta-se no desenfreio dos vícios, se pervertam as almas pelo escândalo…
    A virtude do pudor se constitui, assim, uma guardiã vigilante da castidade perfeita de qualquer cristão…, e se a higiene pessoal responde a imperativos físicos, e a boa presença (que serve à moda no vestir) põe em manifesto todo um conjunto de razões psicológicas e estéticas, sempre o pudor terá primazia sobre estas exigências, porque somente ele é de ordem espiritual.
    Em relação a esse tema é necessário repetir o que já afirmava São Paulo: “os que temos por mais vis membros, a estes cobrimos com mais decoro…, porque os que em nós são mais honestos não têm necessidade de nada”
    Sem prejuízo de algumas explicitações que damos mais abaixo, transcrevemos, acerca destas “precauções e cautelas”, as diretivas de outra pastoral, dada pelo Arcebispo de Valladolid, também de perene vigência: “… que todos os nossos fiéis saibam: 1) Que todas as roupas de banho devem sempre ser honestas, e que o maiô certamente não o é. 2) Que todos aqueles que nas praias ou fora delas exibem a nudez provocativa pecam com um duplo pecado de imodéstia e de escândalo. E é sabido o que a respeito do escandaloso disse Jesus Cristo: “Mais valeria que se lhe colocasse uma pedra de moinho ao pescoço e lhe atirassem no fundo do mar”. Tão forte é a sentença que, sobre os escandalosos, formulou o Mestre divino. 3) Que as praias em que se banham promiscuamente, homens e mulheres, e a nudez é provocativa, constituem de si ocasião de pecado grave para aqueles que a frequentam. 4) Que nas praias deve haver completa separação de sexo para aqueles que estejam em traje de banho. Se esta separação não existe, ninguém pode estranhar que homens e mulheres sejam mutuamente objeto de tentação e de perigo para a limpeza de suas almas. 5) Que é muito doloroso e lamentável que as pessoas que nas praias se distinguem por sua imodéstia não sejam somente as mundanas, livres e atrevidas ou duvidosas, mas também outras dadas, exteriormente ao menos, à piedade, e às vezes as que comungam com frequência e têm seu nome ligado às instituições beneficentes ou piedosas.”
    Nem a moda, nem a higiene ou a comodidade, nem o pensar que o comportamento, posturas, modos ou vestido não causam nenhum dano aos outros, não pode ser a última norma de conduta. Para tais argumentos respondia Pio XII com estas sábias e prudentes palavras: “a moda (tempo contemporâneo) não é nem pode ser a regra suprema de nossa conduta; acima dela e de suas exigências existem leis mais altas e imperiosas, princípios superiores e imutáveis, que em nenhum caso podem ser sacrificados por causa do prazer ou do capricho.

    ResponderExcluir

 
Geração Jovem - Site Oficial © 2016 - Vamos Mudar o Mundo. Todos os direitos Reservados - Fornecido por CC
PageRank