segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Não escolha um namorado, escolha um marido.

COMPARTILHE
“Ele é alto, sarado, olhar firme e tem um belo sorriso. Faz bem o meu tipo, talvez. Acho que ele é a pessoa perfeita para ser meu namorado”, você poderia até pensar. Será que vale a pena tentar?
Grande parte da primeira impressão, quando dois olhares se cruzam, resultará em conclusões imediatas mediante simplesmente o que se viu. Não se trata de uma precipitação, mas de um impulso externo que talvez tenha sido alinhado com o que você sonha internamente, quando se trata do tipo de homem tão esperado. Precipitada você seria, se tomasse a decisão de relacionar-se com ele, baseando-se tão somente no que viu.
Não ser atraída pela bela aparência física de um rapaz, que é como você sempre sonhou, é algo quase que inevitável. Seus olhos enxergam primeiro o que está por fora, a aparência externa. Seu coração, na maioria das vezes, virá depois. Mesmo quando ele palpita, estremece e bate acelerado, foi primeiramente mediante um olhar.
A verdade é que as aparências podem nos enganar. Nem sempre o que os nossos olhos aprovam é o que nosso coração irá aceitar. Nem sempre a realidade do coração do rapaz irá superar ou estar em linha com o que seus olhos tiveram de expectativa. A própria bíblia declara firmemente, que existe diferença entre o que vemos exteriormente e o que está por dentro, no coração.
Se a pessoa por quem você tem uma “quedinha” não puder ser vista por você, como aquele que vai passar todos os anos de sua vida ao seu lado, então, esse rapaz não serve para você. Muitas vezes, pessoas se aventuram em relacionamentos relâmpagos, que se iniciam de uma hora para outra, sem um mínimo de tempo para que ambos, conversando, conheçam um pouco do que tem no coração. Muitos nem compartilham sonhos, desejos, anseios, planos. Arriscam-se num momento de aventura e prazer imediato e isso pode fragmentar o sentimento de ambos, trazendo muitas feridas à alma. Abra mão de viver um momento de delírios, para viver uma vida inteira de intensa felicidade ao lado do seu “eterno” namorado.
Quando for olhar para um homem com outras intenções, pergunte-se a si mesmo: vejo este lindo jovem como meu esposo? Consigo me enxergar vivendo ao lado dele todos os dias da minha vida? Quando penso nisso, me sinto em paz? Se ele não servir para ser seu marido, nunca irá servir para ser seu namorado. Pode ser que seja um relacionamento completamente desgastante e frustrado para ambas as partes. Quando se enfrentam as dificuldades no casamento, não é a aparência externa – o corpinho lindo, os olhos atraentes, e o belo sorriso – que irá “segurar a onda”, mas sim a beleza interna, o que se tem no coração. Escolha esperar e tome a decisão certa. Casamento é para a vida toda.
Se você está há algum tempo em um relacionamento e, por enquanto, só conseguiu enxergar a beleza externa e não viu nenhuma beleza interior no rapaz, fuja! Pode ser que seu coração esteja desaprovando o que seus olhos cegamente desejaram.
Trecho do livro “Do Que Elas Gostam”. Adquira em www.doolharaoaltar.com
Até a próxima!::Pr. Leandro Almeida 

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?