domingo, 5 de abril de 2015

Muçulmanos invadem aldeia e matam 100 cristãos na Nigéria.

COMPARTILHE
Muçulmanos Fulani invadiram uma aldeia de cristãos no centro da Nigéria e deixaram pelo menos 100 mortos, incluindo mulheres e crianças. Os ataques aconteceram nas primeiras horas do dia 15 de março e só foram noticiados pelo Portas Abertas no dia 1º de abril.
Segundo testemunhas que escaparam dos assassinatos, os islâmicos invadiram casas onde as pessoas ainda estavam dormindo e não pouparam nem mesmo os animais.
“Nós ainda estávamos dormindo quando entraram em nossa aldeia e começaram a atirar em todas as direções, matando todos os seres humanos e animais à vista”, disse uma das testemunhas.
Os Fulani chegaram a colocar fogo no líder cristão da aldeia, o ataque foi considerado como o pior nos últimos quatro anos.
Muitos islâmicos da etnia Fulani possuem ligação com os movimentos radicais, eles fazem parte de uma tribo nômade espalhada por uma a vasta área da África Central. Os ataques contra cristãos acontecem desde 2011 quando os Fulani começaram a invadir aldeias e deixar centenas de vítimas em comunidades cristãs.
O novo presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari é da etnia Fulani, mas condenou os ataques que aconteceram antes das eleições dizendo que foram “assassinatos a sangue frio”.
Informações Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?