sexta-feira, 17 de abril de 2015

Igreja Católica procura pessoas possuídas por conta de filmes de vampiro. Leia:

COMPARTILHE
O número de jovens com possessões demoníacas está aumentando e a culpa seria dos filmes com “belos e sedutores vampiros”. É isso que o professor Giuseppe Ferrari afirmou durante um curso de exorcismo realizado em Roma.
O professor entende que filmes como a saga “Crepúsculo” – sucesso em bilheterias de todo o mundo – tem influenciado os jovens a se envolverem com o ocultismo.
“Há aqueles que tentam transformar as pessoas em vampiros e fazê-las beber o sangue de outras, ou incentivá-las a ter relações sexuais especiais para obter poderes especiais”, disse.
Com belos atores fazendo papeis de vampiros, os jovens se sentem atraídos e passam a se envolver com este mundo de “forças ocultas”.

O Vaticano acredita que a possessão demoníaca é rara e que a maioria dos casos são reações de doenças mentais. Mas durante o encontro sobre exorcismo padres exorcistas foram chamados para falar sobre o tema. O Papa Francisco determinou que as igrejas católicas tenham pelo menos um exorcista treinado para agir em casos de possessão.
Entre os convidados para essa reunião estava o padre exorcista suíço Cesare Truqui, ele afirmou que o curso tinha exorcistas, sacerdotes e leigos e que sensibilizar os padres sobre o tema era algo vital.
“O ato de realizar o exorcismo é pouco conhecido entre os sacerdotes. É como treinar para ser um jornalista sem saber como fazer uma entrevista”, afirmou.
Cesare relatou casos de possessão onde as pessoas falavam diferentes línguas e exibiam força sobrenatural. Em um dos casos, ele citou o de uma mulher pequena que não conseguiu ser presa por três homens fortes por conta da força que passou a possuir.
Para confirmar que o número de possessos é cada vez maior, o Monsenhor Angelo Mascheroni, chefe exorcista de Milão, precisou dobrar o número de exorcistas, pois os pedidos de ajuda cresceram 100% nos últimos 15 anos. Com informações O Globo

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?