domingo, 4 de maio de 2014

Um problema chamado pornografia.

COMPARTILHE
Tenho 25 anos e sou casada a 3 anos. Estou escrevendo, porque estou com um sério problema, no meu trabalho é constante o uso da internet. Ultimamente venho recebendo muitas propagandas e e-mail’s de páginas “pornográficas”, e infelizmente a curiosidade é muita, sempre me pego olhando essas coisas. Como todos sabem, há muita facilidade na internet quando o assunto é relacionado à pornografia, eu sei que é pecado, me ajude, pois quando eu fico olhando estas coisas é como o meu coração estivesse sangrando. Por favor, não deixe de me responder.

A pornografia é uma das piores doenças moral que temos no mundo. Ela corrompe e degrada as pessoas ao enfatizar exageradamente o sexo colocando-o como um fim em si mesmo, barateando a experiência e deixando de fora o aspecto do amor. Na maioria das vezes, todo material pornográfico é produzido com base na mentira. A pornografia quase sempre está vinculada a violência, e tanto os homens como as mulheres que em geral usam esse material, querem trazer o que viram para o seu casamento ou outro relacionamento. Pesquisas feitas entre homens que assistiam regularmente a pornografia pesada identificaram quatro fases nas reações das pessoas a esse estimulo: “Primeira, ela leva a um vicio. As primeiras fases de excitação levam a envolvimento repetido e deliberado com o material pornográfico a fim de obter excitação sexual. Depois há uma fase de escalada na qual o homem deseja material mais grosseiro e excitante a fim de atingir o nível anterior de excitação sexual. A próxima fase é a insensibilização, na qual a pornografia fica entediante. O homem não é repelido pelo que vê e não sente compaixão pelas pessoas envolvidas. A fase final é a propensão para colocar em ação tudo o que viu. O que ele viu torna-se, na realidade, parte de seu repertório de comportamento sexual”. (Citação de Jerry kirk em A Winnable War.) Na carta escrito por Tiago, lemos que o pecado depois de concebido, nasce e conseqüentemente cresce e leva a morte (Tg 1.14,15). A pornografia é especialmente degradante para as mulheres e as coloca em posição de serem vitimizadas. Não há lugar para ela na vida de ninguém. Os resultados da pornografia na vida de muitos casais tem sido terríveis levando-os a uma vida de imoralidade sexual. Hoje já existe até programas que podem ajudar os viciados em pornografia. Leia atentamente o texto registrado em Filipenses 4.8, essa Palavra pode gerar temor e libertação para a mente: “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Fp 4.8). Para vencer a tentação nessa área, é necessário tomar medidas extremamente radicais consigo mesma. Há um homem na Bíblia que venceu a tentação sexual recusando com palavras e depois fugindo literalmente (Gn 39.7-12). Se você não conseguir vencer recusando a sugestão para pecar olhando esse tipo de material veiculado na internet, aconselho que peça para uma mudança de serviço, é preferivel abrir mão de um tipo de serviço no lugar onde você trabalha, do que vender a alma para o diabo. Perca tudo, mas não perca a sua alma. Que Deus lhe de força e discernimento! Não deixe de ler o capitulo 1 de Romanos e o capitulo 4 de Primeira aos Tessalonicenses.

Amo Família 
 

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?