domingo, 2 de fevereiro de 2014

Seria Barack Obama o anticristo? Teólogo comenta.

COMPARTILHE
Após declarações recentes do pastor e autor Robert Jeffress em seu novo livro de que o presidente americano Barack Obama estaria “abrindo o caminho para o Anticristo”, teólogos analisam as afirmações e revelam o que pensam.
A princípio, Dr. Darrell Bock, professor sênior de Pesquisa de Estudos do Novo Testamento em Dallas (EUA), destacou que os cristãos devem estar atentos ao Anticristo, já que é uma profecia bíblica que prevê a chegada de um futuro ditador mundial. Contudo, ele pede cautela para apontar que qualquer um favorece o destino do Anticristo.
Segundo Bock, muitos já tentaram adivinhar que um ou outro se tornará o Anticristo, mas obviamente ninguém nunca obteve precisão nas estimativas, o que deixa uma certa descrença nos apontamentos de Jeffers, sobretudo pela tendência em sempre acusarem presidentes dos EUA como propensos a abrir uma ditadura.
“Os crentes devem vigiar e estar em alerta, mas devido ao habitual resultado negativo de que faz estas previsões, estou muito hesitante a dar atenção a tais pontos. Então, é preciso ter cuidado em fazer tais associações”, afirma Bock.
Já o Dr. Paige Patterson, presidente do Seminário Batista Teológico do Sudoeste, em Fort Worth Texas (EUA), consta que as declarações de Jeffress não servem para manchar a imagem de Obama e foram feitas para os cristãos seguirem vigilantes diante de democracias ocidentais, não apenas dos EUA, e suas tendências opressoras.
“A rápida expansão dos poderes do governo e a crescente dependência em relação ao Estado-Providência preparou o palco para o Anticristo… Dr. Jeffress não fez um ataque pessoal ao presidente Obama, Ele está simplesmente tentando alertar ao seu povo sobre o que deve acontecer em seguida”, disse Patterson.
As reflexões de Robert Jeffress estão no recém-lançado livro Perfect Ending: Why Your Eternal Future Matters Today (Fim Perfeito: Por que Seu Futuro Eterno é Importante Hoje, em tradução livre).
Ainda sem previsão de lançamento para o Brasil, a obra de Jeffress tem gerado controvérsias, mas também tem servido para abrir um debate sobre como governos autocratas podem prejudicar os rumos de um estado laico e da liberdade religiosa.
(Christian Post)
Atenção: As informações publicadas aqui não refletem necessariamente a opinião do Geração Jovem.com

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?