quarta-feira, 22 de outubro de 2014

, , ,

Ludmila Ferber - tudo foi um Milagre de Deus.

COMPARTILHE
Ludmila Múrias Ferber nasceu na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, no dia 08 de agosto de 1965. Filha do casal Yuryi Emanuelevitch Ferber e Maria Helena Múrias Ferber, traz em seu código genético várias nações, dentre elas Rússia, Israel, Portugal e Espanha. Seu pai Yuryi, um russo que nasceu em Pequim, na China, veio para o Brasil ainda jovem, onde conheceu Maria Helena. No ano de 1963, casaram-se na cidade do Rio de Janeiro, onde iniciaram sua família e criaram seus dois filhos: Yuryi Filho e Ludmila, no Bairro de Botafogo, Zona Sul da cidade.


 Aos 7 dias de nascida, a menina ainda não tinha um nome definido. Foi então que seu pai, sendo boca de Deus, mesmo sem conhecê-lo na época, deu-lhe o nome de “Ludmila”, de origem russa, que significa “Amada do povo” .
 No ano de 1985, a família Ferber atravessaria uma grande dificuldade. Os médicos descobririam que Yuryi, pai de Ludmila, estava com um grave câncer no estômago. Na época, era ainda muito mais difícil o tratamento desta doença, o que reduzia a quase zero as chances de sobrevivência.
 A família foi então convidada por uma amiga, Ana, a participar de uma pequena “reunião” na cidade de Niterói/RJ . Sem que eles soubessem, a tal “reunião” era um Culto de Louvor e Adoração a Jesus, o Autor dos Milagres.

 Enquanto a igreja adorava, pai e filha tiveram, simultaneamente, uma experiência profunda com o Senhor. Naquele dia, Yuryi voltou para casa completamente curado daquela enfermidade e iniciav a-se naquele lar uma completa restauração…

O Início do Ministério 

Comecei o Ministério sem ter noção exatamente do que se tratava e sem nenhuma ambição a nível de carreira artística. Na verdade, não me via cantando, mas o maior desejo do meu coração, desde aquela época e que permanece até hoje, era apenas de alcançar o coração de Deus, servindo e adorando, nas mínimas coisas do meu dia-a-dia.” *
Sua primeira “função” na igreja foi a de manusear as transparências do retro-projetor .
“Eu sempre procurava chegar bem antes do horário, já orando, adorando, esperando as pessoas chegarem e me dispondo a servir em qualquer coisa. Eu amo a casa de Deus. Amo estar em Sua casa, amo servi-lO . É muito precioso podermos, de alguma forma, ser úteis em Sua casa…” *
Do retro-projetor, foi convidada para ministrar com a “guitarra branca” durante o período de louvor.


Em 1998, a Pastora gravou o CD “O Verdadeiro Amor”, e em 1999 “Deus é bom Demais”, ambos pela MK Publicitá.

Dando início a uma nova fase em sua vida, em 2000, ano em que cessou o seu contrato com sua antiga gravadora , nasce o nome Ministério Adoração Profética. Através de uma palavra de Deus.


Em outubro de 2001, através do lançamento do CD “Os Sonhos de Deus” , nasce a gravadora Kairós Music , que sela todos os trabalhos da Pastora a partir desta data. A “canção dos Sonhos”, como é mais conhecida, tem-se tornado um hino entre o Corpo de Cristo e sido traduzida para diversas línguas.

 Em 2011, Ludmila Ferber lançou o disco O Poder da Aliança pela gravadora Som Livre, que trouxe participações de cantores conhecidos no cenário gospel brasileiro como Fernandinho, Ana Paula Valadão e Alda Célia, além de ter participado do Festival Promessas junto com Davi Sacer, Diante do Trono, Fernandinho, Damares, Fernanda Brum, Regis Danese, Eyshila e Pregador Luo no dia 10 de dezembro.
Atualmente Ludmila Ferber é pastora da Igreja Celular Internacional no Rio de Janeiro, igreja que fundou, e preside com seu marido, pastor José Antônio Lino desde 1999.
 Tem três filhas, Ana Lídia, Vanessa e Daniela.


Ludmila já participou diversas vezes de gravações do Diante do Trono, é conhecida por ter uma grande amizade com a cantora Ana Paula Valadão. Participou dos álbuns Aleluia e Creio, e cantou as canções Eis-me Aqui, Eu Vou Prosseguir e Casa de Oração.
 Tenho aprendido que não é por causa do potencial, do dom ou do talento que o Senhor move, opera e vem. Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para envergonhar as sábias… escolheu os que não são para reduzir a nada os que são. Deus precisa apenas de um coração quebrantado, contrito, inclinado em Sua Palavra, derramado, em amores, aos Seus pés…” *
 Informações editadas pelo site Adoração Profética e Wikipédia
Homenagem Gospel - Geração Jovem.com
Por Rinaldo Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?