sexta-feira, 20 de março de 2015

Não temas, crê somente!

COMPARTILHE

Marcos 5.22 a 42

Ele era um dos principais da sinagoga. Sua presença impunha certa cerimônia por onde passava, mas naquela situação seu destaque social não tinha o menor peso. Então, apesar de sua importância Jairo ajoelhou-se diante do único que podia acudi-lo. Dobrou-se diante de Jesus, como se Cristo fosse a última chance para sua filha à beira da morte. E era. Clamou para que O Mestre o seguisse até sua casa. Prontamente Jesus se dispôs e assim começaram a caminhada.
Mas Jesus parou, foi tocado por uma mulher enferma que também precisava de cura. Jesus parou e cada minuto que passava dilapidava a paz de Jairo. O coração acelerava, o tempo escorria determinando a sorte de sua filha. Mas apesar da aflição Jairo esperou, até que o Mestre pudesse seguir. Contudo, o tempo e a morte não esperaram e logo veio a notícia: “Não adianta mais, sua filha já morreu”. Imagino a dor, a angústia e a interrogação de Jairo: Por que eu não tive um pouco mais tempo?
Tempo. Este é o material que temos para tornar os alvos e projetos de início de ano em fato. Sonhamos com as conquistas e o ano vai passando, mês por mês, dia por dia, até findar e nem sempre conseguimos concluir nossos projetos. Descobrimos que falhamos. Que abortamos nossos alvos na primeira dificuldade, desistimos e às vezes, deixamos morrer. Mas será que eles morreram?
Diante da notícia da morte da filha de Jairo, Jesus diz: “não temas, crê somente!” Jairo creu apesar dos deboches dos outros, continuou sua caminhada e levou Cristo para dentro de sua casa. Com uma ordem do Mestre a menina ficou de pé e muito viva!
Nossos projetos? Quem disse que morreram? O ano acabou, a esperança ainda não. Ainda temos a vida de Cristo em nós. Ainda há tempo para conquistar, basta trazer Cristo, A Ressurreição, para dentro da casa da nossa existência e cre! Não é hora de desistir, é tempo de ordenar aos sonhos: Levante e ande! Continue!
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá (João 11.25)
Foto: Internet
:: Nilma Gracia Araujo
Lagoinha.com

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?