sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Sedução e mulher.

COMPARTILHE


Salomão, o autor do livro de Provérbios, no segundo capítulo, falando a seu filho, explica o que acontece com quem se encontra com a Sabedoria de Deus, pois ela serve:
16 para te livrar da mulher adúltera, da estrangeira, que lisonjeia com palavras,
17 a qual deixa o amigo da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus;
18 porque a sua casa se inclina para a morte, e as suas veredas, para o reino das sombras da morte;
19 todos os que se dirigem a essa mulher não voltarão e não atinarão com as veredas da vida.

...da mulher adúltera, da estrangeira
São duas palavras com sentido quase idêntico, adúltera, estranha, estrangeira, alienada, inimiga, repugnante, prostituta e meretriz. O hebraico usa 2 palavras com tradução semelhante: zuwr e nokriy, ambas tem em sua tradução estrangeira e meretriz. Nokriy tem origem em noker que quer dizer, calamidade, desastre, infotúnio. Zuwr, vem de adultério mesmo e de profanar.

A sabedoria vai livrar da mulher estrangeira, da mulher filistéia, da "Dalila", que só quer usar e destruir o homem de Deus para benefício próprio, cuja máxima é o egoísmo e a frieza, cujos recursos são a sedução e a traição e cujo orgulho é a vergonha. Mulher alienada, alheia, altiva, excluída da revelação, do bom senso e do caminho de Deus! Mulher repugnante a Deus, prostituta, que usa de seu corpo para adquirir dons materiais, mulher cruel, que mata com armas de prazer, mulher que leva calamidade, desastre aos lares e às vidas.
que lisonjeia com palavras,
Os filhos de Deus são mais "bonitos" do que os outros, pois são, normalmente mais sensíveis e instruídos que os outros e manifestam caráter mais elevado. Seu preço no "mercado" do flerte é mais elevado (pelo menos até cair, depois é sal sem sabor). Quando uma mulher elogia, ou fala mal do próprio parceiro está em processo de conquista e sedução. A palavra que é usada vemm da origem de algo liso, escorregadio, macio, mas falso. A bajulação é uma palavra que não é necessariamente verdadeira que visa gerar em quem a ouve uma sensação se ser importante, bonito, inteligente ou poderoso. A sedução gera prazer em que é seduzido para que ele busque cada vez mais prazer, até ser capturado. Cuidado com as palavras de elogio, com olhadinhas e com os sorrisos das mulheres do mundo.

Livra, oh Senhor, minha alma de se envolver com qualquer pessoas assim, pelo contrário, meu Pai, que tu me guardes e que minha vida seja agradável sempre a ti. Sempre. 17 a qual deixa o amigo da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus;
Mesmo nos arraiais da igreja tal mulher pode ser encontrada, disfarçada de discípula, camuflada no meio das ovelhas, com coração de predador e olhos seduzidos e sedutores das mentiras e ilusões do mundo e do diabo. Ela deixa o amigo da sua mocidade. Ela despreza seu marido, seu manso, dócil e íntimo amigo, que a conduzia e ensinava, que era usado por Deus para pastoreá-la. Ela o abandona e prefere a liberdade da caça, ao cuidado e proteção que a aliança de Deus traz.
18 porque a sua casa se inclina para a morte, e as suas veredas, para o reino das sombras da morte;
A casa dela tem aparência de uma casa normal, com os confortos de um abrigo, mas tal casa "se inclina". O termo no original é curvar, como uma rampa bem inclinada sobre a qual não há como parar sem descer. Algo semelhante a um alçapão escorregadio, a um abismo, que uma vez que se passe de certo ponto não há como voltar sem cair. A rampa dá na morte! Imagine um filme de terror, uma cena sinistra, medonha, apavorante. Isto é a morte, que ali pode ser personificada, como aquela figura esquálida com a foice na mão, fria e implacável que aguarda na parte de baixo da armadilha sua presa.
A mulher inimiga trabalha aliada à morte. São uma dupla do inferno, enquanto que ela seduz, a morte tira a vida. Como um parasita, que mantém semimorto o hospedeiro, somente para lhe roer o interior. Se a casa dela é armadilha e alçapão, os caminhos dela conduzem às sombras, aos espíritos daqueles que já morreram ou aos demônios.
19 todos os que se dirigem a essa mulher não voltarão e não atinarão com as veredas da vida.
Quem vai a ela, não volta. Quem a procura ficará como ela, alienado aos caminhos da vida, ficará burro, tapado, cego, tonto, entorpecido, enfeitiçado, semimorto, somente servindo de carne aos vermes, aguardando a morte eterna.

Muitos homens de Deus cairam dominados pelos prazeres e nenhum voltou inteiro, sendo que a grande maioria, nunca voltou. Vigie, meu amado e encha-se da Palavra.
A sabedoria entrerá no meu coração para me livrar da mulher adúltera.Amo Família

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?