sábado, 26 de outubro de 2013

,

Fervor espiritual e pentecostes na comemoração dos 95 anos da IEADPE.

COMPARTILHE
_MG_6105
Há 95 anos, acontecia o primeiro culto oficial da Igreja Assembleia de Deus em Pernambuco. Os missionários Joel e Signe Carlson abriam o culto com muita gratidão a Deus por tudo o que haviam passado até ali. Milagres, batismos com o Espírito Santo e curas divinas já tinham acontecido antes do culto inaugural, e grandes coisas ainda estavam por vir.
Comemoram-se também hoje, os 36 anos da inauguração do Templo Central da IEADPE. Em 24 de outubro de 1977 o Pr. José Leôncio (in memorian) abria o Templo Central para realização de cultos pela igreja do Senhor. Antes disso, o primeiro templo já funcionava em uma casa de taipa coberta de palha.
O culto oferecido hoje (24), no quinto dia da 57ª Escola Bíblica de Obreiros acontece em clima de agradecimento ao Senhor, por estas datas tão especiais para a Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Pernambuco. Após os louvores e a leitura da Palavra de Deus, a oportunidade foi lançada para quem acompanhou o trabalho desta Igreja desde os primeiros momentos de sua vida: irmã Ruth Carlson.
_MG_2338
A filha dos missionários pioneiros na evangelização no Estado de Pernambuco pode contar um pouco sobre as condições nas quais ocorria o primeiro culto da IEADPE: havia duas cadeiras, uma mesa, um violão e um violino, que foram usados pelo casal de jovens que louvaram a Deus em dueto.  “Agradeço pela vida dos meus pais que ouviram Teu chamado e vieram aqui para pregar que o Senhor cura, batiza e leva para o céu”, a irmã, que hoje está com 92 anos, agradeceu a Deus em oração, enquanto a igreja recebia o toque do Espírito Santo.
Ainda no momento em que o fogo do Espírito Santo descia sob a igreja, impactando a todos pela lembrança do que Deus tinha feito no decorrer destes 95 anos da Assembleia de Deus em Pernambuco, o Pastor Sergio Bastian tomou a tribuna para ministrar a Palavra de Deus baseado no livro de 1 Tess. 5.19, que diz: “não extingais o espírito”. E o fervor espiritual continuou sendo sentido no meio da Igreja.
_MG_5998
Pastor Sérgio Bastian em sua ministração falou sobre o arder do fogo de Deus, que não deve se apagar entre o Seu povo, já que a ordenança bíblica afirma que devemos ser fervorosos. E ainda continuou exortando para que não haja frieza nem cerimonialismo, em lugar do fogo espiritual. “Deus não nos chamou para apagar fogo, nos chamou para deixarmos o fogo arder continuamente”, disse.
_MG_6149
O término do culto foi marcado pelo fervor espiritual, e através da oração a graça de Deus foi derramada entre os verdadeiros adoradores que vieram prestar seu culto esta noite ao Senhor.

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?