segunda-feira, 30 de março de 2015

Deprimido – Por que?

COMPARTILHE
Depressão é uma doença que qualquer um está sujeita a ela e quase todo mundo sabe o que é estar deprimido. Muitas coisas nos levam a depressão como a falta de correspondência devida ao amor e amizade que dedicamos a alguém, problemas familiares, conflitos vocacionados e etc. A depressão nos leva a vária coisas como:

Tristeza e pessimismo: Tudo para a pessoa se torna feio e difícil. O espírito da pessoa se torna altamente crítico, vemos tudo diferente queremos mudar tudo e como não conseguimos entramos em depressão. O depressivo às vezes também é o chamado “desmancha- prazeres” tornando-se uma companhia desagradável.

Apatia e cansaço: A pessoa não demonstra interesse pela vida e por tudo que a cerca. Muitas de suas energias são gastas para mantê-las zangadas durante todo o dia ou toda noite.

Hipocondria: É a preocupação excessiva e infundada com a própria saúde. Uma pessoa deprimida pode ter dores generalizadas, o estômago dolorido e numerosos ataques sem qualquer causa conhecida. Aprende a arte de ficar doente.

A perda da produtividade: Assim como a depressão leva ao desinteresse pela vida ela leva a perda da produtividade. Desinteresse pelos amigos, pelos estudos, pelo trabalho, pela igreja fazendo com que a pessoa não cresça intelectualmente nem espiritualmente.

Irritabilidade: A depressão leva à irritação. Uma pessoa deprimida estará sempre irritada pelo fato de os outros estarem sempre bem dispostos e ativos, enquanto ela estará pensativa e triste. Ela também se sente irritada com pequenas coisas das quais, se ela estivesse em atividade normal, nem tomaria conhecimento.

Fuga: Uma pessoa deprimida geralmente procura fugir às realidades pouco agradáveis a vida, sonhando sempre. Sonhar é bom, mas não podemos estar 24 h por dia no mundo da imaginação, mas viver na realidade e vencer com Cristo.

O ponto central da depressão é a auto piedade. Muitas são as causas da depressão e quem pode curar essa depressão é somente Cristo. Para alguém mergulhar no mar da depressão, certamente precisará estar voltado para si mesmo. Achará que está passando por problemas enormes e, ao invés de entregar os problemas na mão de Deus passa a achar que é a criatura mais infeliz da terra. Temos que reconhecer que não estamos sós, que temos um Deus maravilhoso que nos ama e quer o melhor para nós.

A cura da depressão está em entregar a Deus as nossas razões, as nossas crises, os nossos maus momentos. Entrega-los realmente é descansar naquele que é suficiente e forte para vencê-los.

“Ele é poderoso para fazer muito mais do que pedimos ou imaginamos” (Ef 3.20)

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de nós” (I Pe 5.7)




Depressão é uma doença que qualquer um está sujeita a ela e quase todo mundo sabe o que é estar deprimido. Muitas coisas nos levam a depressão como a falta de correspondência devida ao amor e amizade que dedicamos a alguém, problemas familiares, conflitos vocacionais e etc. A depressão nos leva a vária coisas como:

Tristeza e pessimismo: Tudo para a pessoa se torna feio e difícil. O espírito da pessoa se torna altamente crítico, vemos tudo diferente queremos mudar tudo e como não conseguimos entramos em depressão. O depressivo às vezes também é o chamado “desmancha- prazeres” tornando-se uma companhia desagradável.

Apatia e cansaço: A pessoa não demonstra interesse pela vida e por tudo que a cerca. Muitas de suas energias são gastas para mantê-las zangadas durante todo o dia ou toda noite.

Hipocondria: É a preocupação excessiva e infundada com a própria saúde. Uma pessoa deprimida pode ter dores generalizadas, o estômago dolorido e numerosos ataques sem qualquer causa conhecida. Aprende a arte de ficar doente.

A perda da produtividade: Assim como a depressão leva ao desinteresse pela vida ela leva a perda da produtividade. Desinteresse pelos amigos, pelos estudos, pelo trabalho, pela igreja fazendo com que a pessoa não cresça intelectualmente nem espiritualmente.

Irritabilidade: A depressão leva à irritação. Uma pessoa deprimida estará sempre irritada pelo fato de os outros estarem sempre bem dispostos e ativos, enquanto ela estará pensativa e triste. Ela também se sente irritada com pequenas coisas das quais, se ela estivesse em atividade normal, nem tomaria conhecimento.

Fuga: Uma pessoa deprimida geralmente procura fugir às realidades pouco agradáveis a vida, sonhando sempre. Sonhar é bom, mas não podemos estar 24 h por dia no mundo da imaginação, mas viver na realidade e vencer com Cristo.

O ponto central da depressão é a auto piedade. Muitas são as causas da depressão e quem pode curar essa depressão é somente Cristo. Para alguém mergulhar no mar da depressão, certamente precisará estar voltado para si mesmo. Achará que está passando por problemas enormes e, ao invés de entregar os problemas na mão de Deus passa a achar que é a criatura mais infeliz da terra. Temos que reconhecer que não estamos sós, que temos um Deus maravilhoso que nos ama e quer o melhor para nós.

A cura da depressão está em entregar a Deus as nossas razões, as nossas crises, os nossos maus momentos. Entrega-los realmente é descansar naquele que é suficiente e forte para vencê-los.

“Ele é poderoso para fazer muito mais do que pedimos ou imaginamos” (Ef 3.20)

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de nós” (I Pe 5.7)
Artigo enviado por Luiz Henrique
Geração Jovem

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?