segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Renato Aragão critica:“humor não precisa usar religião”.

COMPARTILHE

Na última quarta feira (12), o humorista Renato Aragão criticou o uso da religião em vídeos humorísticos publicados pelo canal do youtube “Porta dos Fundos”. A crítica se deu durante uma conversa entre Aragão e o humorista Gregório Duvivier, um dos fundadores do canal humorístico, no programa “Na Moral”.
- Não precisa usar a religião para fazer humor – afirmou Aragão, durante o programa apresentado por Pedro Bial, que recebeu também Helio de La Peña e Bruno Mazzeo para discutir os limites do humor.
O “limite do humor” é um assunto que vem tomando grande espaço nas discussões por todo o país, sobretudo quando se trata do humor que tem a religião como tema. Essa discussão vem sendo ainda mais intensificada nas últimas semanas pela polêmica em torno de vídeos publicados pelo “Porta dos Fundos”.
A religião é um tema recorrente nos vídeos do grupo de humoristas, que recentemente foi duramente criticado e recebeu notas de repudio do deputado federal e pastor Marco Feliciano e da Bancada das Mulheres por causa do polêmico vídeo “Oh, Meu Deus”.
A esquete “Deus”, produzida pelo Porta dos Fundos foi utilizada para ilustrar a discussão. Depois de ver o vídeo, Renato Aragão foi Interrogado pelo apresentador se tinha problemas em piadas com religião, e foi direto ao apresentar sua opinião sobre o tema.
- Eu nunca passei por esse temor de fazer piada sobre religião, não precisa usar a religião para fazer humor. Eu acho que até agride, coisa que agride é você criticar a religião da pessoa; muçulmana, católica, evangélica, tudo – afirmou.
- Eu sou muito fã do Renato, mas neste caso eu vou ter que discordar. Olha só, eu acho que é engraçado a gente desmistificar. O meu Deus não é o Deus de outras pessoas. Não existe um sagrado absoluto – disse Gregório, que em seguida foi questionado por Aragão se tinha uma religião.
Diante da negativa do humorista, Renato Aragão afirmou que ele podia sim fazer humor com religião, mas sem ofender as pessoas.
- Então, você está a caráter para falar desde que não agrida as religiões das pessoas. O mundo não precisa disso, Eu acho que o humor não precisa disso. Você é inteligente, eu te acompanho, na Portas dos Fundos e nas portas da frente – respondeu Renato Aragão, de maneira bem humorada.
- Nós temos um limite no ‘Porta’ e religião não é ele. Nunca vamos rir de negros, por exemplo. Não falamos de minorias. Religião é maioria – afirmou Duvivier, segundo o MSN Entretenimento.Gospel+

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?