quarta-feira, 4 de março de 2015

,

O início da Igreja.

COMPARTILHE

Amados irmãos e irmãs, a Paz do SENHOR JESUS!!!

Sou inteiramente grato ao nosso Deus, pois que nos concede mais esta oportunidade de meditarmos em um tema Bíblico que nos permitirá aprendermos mais acerca desse Livro tão esplêndido que é, logicamente, a Bíblia Sagrada, conhecimento este que nos aproxima mais dEle e nos dará mais esperança para vivermos diante da Sua Presença.

Amados irmãos e irmãs, hoje em dia vemos um fenômeno no Brasil ao qual chamo de “explosão gospel”, que consiste no crescimento desenfreado de organizações evangélicas, chamadas de “Igreja”, as quais se proliferam vertiginosamente com mais facilidade em localidades de difícil acesso ou economicamente desfavorecidas. Sejam realmente Igrejas ou apenas organizações evangélicas (também chamadas protestantes), muitos dos seus associados não sabem, seja por falta de ensinamento por parte de seus líderes, seja por falta de interesse dos associados em saberem onde estão atualmente e para onde estão caminhando, a realidade é que muitas pessoas que se denominam evangélicos e evangélicas ainda não sabem o que realmente significa a palavra “Igreja”.

Igreja é uma palavra da língua portuguesa que, por sua vez, é a tradução mais aproximada do vocábulo grego ekklesia, que é a composição do prefixo grego ek (Port. fora) e do verbo grego kaleo (Port. chamar) que, quando juntados em uma palavra, significa chamado para fora, e, literalmente, se refere a um ajuntamento ou reunião de um povo convocado para fora.
Mas, quando teve início esse ajuntamento ou reunião de pessoas chamadas para fora, e chamadas para fora de quê ou de onde? Esse é o tema da nossa coluna desta semana que, debaixo da graça do nosso Deus, iremos investigar dentro das Sagradas Escrituras.

A Bíblia mostra a Igreja como povo de Deus (1Co 1.2; 10.32; 1Pe 2.4-10), templo de Deus e morada do Espírito Santo (1Co 3.16; 2Co 6.14--7.1; Ef 2.11-22; 1Pe 2.4-10), corpo de Cristo ( 1Co 6.15,16; 10.16,17; 12.12-27), noiva de Cristo (2Co 11.2; Ef 5.23-27; Ap 19.7-9), entre outros termos. No meio Evangélico há quem diga que o início da Igreja foi quando o SENHOR JESUS, reunido com Seus discípulos, afirmou que em cima da verdade que Pedro havia dito, Ele fundaria Sua Igreja (Mt 16.16-18), outros afirmam que a Igreja iniciou-se quando Ele morreu na cruz do calvário, evento esse que, quando aconteceu, o véu do templo rasgou-se em dois, configurando o que a Carta aos Hebreus nomeia de “a consagração de um novo e vivo caminho” (Hb 10.19,20). Também há quem diga que a Igreja foi fundada no derramamento do Espírito Santo no Dia de Pentecostes em At 2.1-13. Mas, amados irmãos e irmãs, quando confrontamos essas três hipóteses anteriores com o significado literal da palavra Igreja, e quando analisamos o começo do ministério terreno do SENHOR JESUS na Galileia, podemos observar que o início da Igreja é antes do que se pensa.

Depois que foi batizado nas águas do Rio Jordão pelo seu primo de segundo grau, o profeta João Batista (Mt 3.13-17; Mc 1.9-11; Lc 3.21,22; Jo 1.32-34), o SENHOR JESUS foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto para ser tentado por Satanás (Mt 4.1-11; Mc 1.12,13; Lc 3.1-13). Logo após esses fatos, mudou-se para Cafarnaum, onde começou a anunciar o Evangelho do Reino de Deus proclamando a célebre frase: “Arrependei-vos, porque é chegado o Reino de Deus”, e chamando (Gr. Kaleo) a si os primeiros discípulos que, deixando tudo para trás, o seguiram (Mt 4.12-25; Mc 1.14-20; Lc 4.14-32; 5.1-11). Portanto, irmãos e irmãs, de acordo com o significado literal da palavra Igreja e também com a chamada dos primeiros discípulos, podemos observar que, depois de tê-los chamado, o SENHOR JESUS agora havia formado um conjunto de pessoas que haviam sido chamadas a estarem com Ele em Seu ministério e viverem de acordo com seus ensinamentos. Ou seja, nesta passagem, o SENHOR JESUS formou a primeira comunidade de pessoas chamadas para fora da corrupção do mundo, dos ensinamentos de homens hipócritas e de uma vida dissoluta e sem perspectiva alguma de vida eterna, comunidade esta que propagou enormemente as Palavras do SENHOR JESUS e realizou a missão que ele os determinou: pregar o evangelho por todo o mundo, fazer discípulos, batizá-los em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (Mt 28.29; Mc 16.15) e esperar a Sua Segunda Vinda (Ap 3.11)., ou seja, dar continuidade à Igreja (povo chamado para fora) que Ele havia começado com um simples chamado a pescadores que estavam á beira do Mar da Galileia.

Amados irmãos e irmãs, ainda quero dizer a vocês que não confundam Igreja com o templo, que é aquela construção de tijolos e cimento que foi rebocada, pintada e adornada, a qual você vai só ou com alguma companhia com a finalidade de adorar a Deus, pois Igreja sou eu, Igreja é você, e todos aqueles que aceitaram a Jesus como único e suficiente Senhor e Salvador, e passaram a viver uma vida de santidade, Igreja somos nós que, como bem disse o Apóstolo Pedro, somos a Geração Eleita, o Sacerdócio Real, a Nação Santa, o Povo Adquirido, que fomos libertos da corrupção do mundo e que agora proclamamos as virtudes dAquele que nos chamou (Gr. Kaleodas trevas para a Sua Maravilhosa Luz (1Pe 2.9).

Portanto, amados irmãos e irmãs, quero aqui transmitir meu sentimento de gratidão ao SENHOR JESUS, pois eu não valia um ceitil pela metade, mas Ele, com a Sua grandiosíssima misericórdia, me salvou, me remiu dos meus pecados (que vale salientar que não eram poucos) e me deu o maior título que eu poderia adquirir ao longo da minha vida: o título de IGREJA.

Que Deus em Cristo continue vos abençoando e fortificando para Glória do seu Nome.

Recomendo que você assista a esse vídeo de um hino que fala do chamado Glorioso do SENHOR JESUS. Ele se chama "Pra cumprir Teu chamar", e eu cantei nesse coral, inclusive apareço no vídeo (aos 5 minutos e 48 segundos aparece um rapaz com uma pasta na mão, e eu bem acima). O link para o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=FWQrnQGUFJg

"E o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo." (Mc 15.38)

Amém.

Por Valney Rodrigues
Colunista - Geração Jovem

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?