sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

, , ,

O foco da música pentecostal em contextos bíblicos.

COMPARTILHE
A música gospel vem passando por muitas transformações nesses últimos anos. Quem ouvia música evangélica há 20 anos pode até se assustar com a forma como o estilo evoluiu em letras, arranjos e qualidade sonora - não perdendo em nada para as produções seculares de hoje em dia.



Como qualquer mídia no meio gospel não foi diferente e tudo o que era sucesso passou a ser copiado por muitos cantores. Passamos por muitas fazes, já foi moda falar sobre a crucificação, depois disso muito se falou sobre arrebatamento que de todas as cantoras podemos citar como destaque Lauriete que lançou grandes singles tais como 'Eu vou Subir, Sete Trombetas, Dias de Elias' e outros.



Ainda no meio pentecostal tivemos o 'boom' de se cantar sobre 'vencer a fornalha' e ouvimos Vanilda Bordieri, Rozeane Ribeiro, Elaine de Jesus e outros com esse foco. Canções com declamações começaram a fazer sucesso desde o 'Tremendo e Santo' de Cassiane e até hoje são bem apreciadas nos conjuntos de louvores.



Depois disso a forma de se cantar sucesso foi reinventada com o grande hit 'Sabor de Mel' que virou febre nacional e teve muitas e muitas versões que passaram a serem chamadas de 'canções vingativas'.



Agora eis que surge uma nova forma de destaque na música pentecostal. Para nossa alegria os temas bíblicos voltaram a ganhar força com direito a releituras bem elaboradas. É bom lembrar que antes os compositores já faziam isso, mas o destaque para o contexto histórico era menor - a história servia apenas como gancho para trazer o contexto para a atualidade.



As novas e já elogiadas canções contam a história ou passagem bíblica como um todo (começo, meio e fim) e ainda inserem um contexto atual que faz analogia da bíblia com a realidade cristã.



O grande destaque para esse tipo de produção fica para Samuel Mariano que está ganhando bastante destaque no ramo da composição. Portanto quero destacar essas duas canções que pra mim representam e muto bem esse novo momento da composição gospel:



Gideão e os 300 conta a história de fé e superação quando se ouve a palavra e o direcionamento de Deus, vale muito a pena conferir esse grande sucesso:
 Blog Olhar Pentecostal

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?