segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Barba na adolescência é disfarce para parecer mais velho.

COMPARTILHE

Um belo dia você se olha no espelho e nota algo diferente no rosto: uma pequena penugem parece ter tomado conta daquele território entre o lábio superior e o nariz. O que fazer? Será que é melhor deixar crescer ou cortar o mal pela raiz?


A consultora de imagem Sabina Donadelli dá a dica: “O adolescente que tem apenas aqueles fios ralinhos, e quer deixar aparecendo, passa a impressão de ansiedade para parecer mais velho e isso acaba fazendo-o parecer ainda mais jovem”.

Se a ideia é parecer mais maduro, Sabina dá a dica: “eu diria para tirar a barba e apostar em roupas mais escuras, com cortes estruturados”. Segundo a consultora, este tipo de vestimenta passa uma imagem mais sóbria.

Mesmo assim, barba e bigode, ainda que ralinhos, podem sim adicionar positivamente ao look, mas precisam ser bancados, como explica Sabina: “Por pior que seja o bigode fininho, se a pessoa usar se achando o máximo é melhor".

Para aqueles um pouco mais velhos, que já têm boa quantidade de pelos, a assessora de imagem Anna Monteiro aconselha: “Na teoria, todo homem pode usar barba, basta adaptá-la ao tipo físico e estilo pessoal”. Anna só faz uma ressalva: “homens com problemas de acne crônicos e pele muito oleosa devem evitar a barba. Só piora”.

Como fazer

Muitos adiam a estreia da lâmina de barbear por não saberem como fazer ou por terem medo que depois da primeira vez os pelos engrossem, cresçam mais rápido e as coisas nunca mais voltem a ser as mesmas – o que não é verdade. “Vai depender da genética da pessoa, isso é tudo mito”, assegura Edson Rogério, profissional da Barbearia Clube, em Curitiba.


Rogério explica que para afeitar a barba ou bigode não tem muito segredo: “é só usar um creme hidratante, passar a lâmina no sentido do crescimento dos pelos e finalizar com álcool e loção pós-barba”. Confira algumas dicas do barbeiro:

- Aproveite a temperatura alta no momento do banho. “O ideal é colocar um creme para barbear e fazer no chuveiro, o calor e o vapor ajudam a abrir os poros”, explica o especialista.

- Creme é o ideal, mas é possível para improvisar. “Caso não tenha um creme hidrante em casa, dá para substituir com um sabonete, mas, dependendo do tipo de pele, isso pode irritar um pouco”, diz.

- Sempre depois do barbear, finalize com álcool e loção pós-barba. “Ambos, além de limparem, dão suavidade à pele e ajudam a proteger e fechar os poros”, atesta Rogério.


- Substituir a lâmina por uma máquina de barbear, só quando os pelos forem mais substanciais. “Com máquina, quando o pelo é muito curto, não dá para fazer”, finaliza.


 Rafael Bergamaschi - Gospel Channel Brasil - IG
Teens da Bléia

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?