terça-feira, 23 de julho de 2013

“Eu estava morto e vocês me tiraram de lá”, diz Roddes Valadão.

COMPARTILHE
Cantor Roddes Valadão, ex-apresentador da REDE SUPERAmigos e familiares de Roddes Valadão comemoram progressos no quadro clínico do cantor e ex-apresentador da REDE SUPER. Apesar de ainda ser considerado grave, mas estável, o estado de Roddes parece apresentar evoluções, segundo relatos de amigos que têm acompanhado o cantor de perto. Na última segunda-feira (22), durante uma visita da esposa de Roddes, Roberta Valadão, grávida de oito meses, à UTI onde ele se encontra internado, o cantor, que não está mais entubado, abriu os olhos e cantou uma canção que diz que todas as coisas vêm de Deus. “Sempre há de existir um novo amanhã preparado pra mim; eu me rendo aos teus pés, és tudo o que preciso pra viver”, diz um trecho da música. O cantor aproveitou para agradecer pelo apoio e pelas orações de familiares e amigos. “Eu estava morto e vocês me tiraram de lá”, declarou.
Roddes Valadão ainda tem passado por hemodiálise, mas, segundo amigos do cantor, os médicos têm esperança de que os rins voltem a funcionar. A reconstrução óssea ainda não foi feita, pois a equipe médica teme que possíveis sangramentos causem uma infecção generalizada. O pedido de amigos e familiares, então, é por orações para que isso não aconteça. E, apesar de todos os riscos apontados pelos médicos, prevalece a esperança de que Deus pode mudar o quadro, tendo em vista os progressos diários que se tem testemunhado. “A vida dele já é um milagre”, declara Vanderlei Fazolim, amigo íntimo do cantor. Fazolim conta, inclusive, que o socorrista que prestou atendimento para Roddes no dia do acidente se declarou emocionado ao ver que o cantor continua vivo, o que, pelas experiências na prestação de socorro a vítimas de acidentes graves, parecia impossível.
O ex-apresentador do extinto programa SUPER SÔNIKA, da REDE SUPER, deu entrada no Centro Hospitalar de Santo André no dia 12 de julho, após sofrer um acidente na Avenida Prestes Maia, em frente à Fundação Santo André, em São Paulo. O cantor pilotava em direção ao trabalho quando teria sido fechado por um ônibus. Roddes sofreu fraturas nas pernas, fratura exposta na bacia e descolamento do intestino. O cantor está internado na UTI do Hospital Brasil, em Santo André, para onde foi transferido no dia 15 de julho após agravamento do quadro clínico.
Roddes Passos Valadão ainda precisa de doadores de sangue. Os endereços para doações são:
Hospital Professor Edmundo Vasconcelos
Rua Borges Lagoa, 1450, Vila Clementino, São Paulo
Telefone: (11) 5080-4435
Horários de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 15h
Hospital do Coração
Rua Abílio Soares, 176, Paraíso, São Paulo
Telefone: (11) 3053-6537
Horários de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Não é necessário nenhum tipo sanguíneo específico.
_____
_____
Por Michelle Ferraz

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?