quinta-feira, 12 de março de 2015

Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué Gonçalves.

COMPARTILHE
Referência no ministério para casais, o pastor Josué Gonçalves reconhece a importância de ministrar para as famílias e vê com entusiasmo o aumento do número de pastores interessados em usar a Palavra de Deus para ajudar a restaurar casamentos.
Com um estande na Feira Internacional Cristã (FIC), que aconteceu entre os dias 17 e 20 de julho em São Paulo, o pastor líder do ministério “Amo Família” estava lançando cinco livros e quatro DVDs com mensagens para as famílias, abordando assuntos como espiritualidade, criação de filhos e a importância do sexo no casamento.
Divórcio não é saída de emergência, diz pastor Josué GonçalvesEm entrevista ao Gospel Prime ele listou alguns pontos importantes para fazer um casamento ser bem sucedido e iniciou seu ensinamento falando sobre o começo desta união.
“O casal primeiro tem que ter começado certo. Como aconteceu a emancipação, a saída da casa dos pais?”, questiona. “Isso é um ponto importante. Eu costumo dizer que a forma como o casal sai da casa dos pais pode determinar a benção ou a falta dela”.
Outro ponto importante para que o casamento dê certo é o projeto de vida deste casal. De acordo com o pastor é preciso saber onde se quer chegar e assim traçar objetivos para conquistar esse alvo.
“A maioria dos casais não sabem o que querem e por isso não tem metas. Consequentemente vão levando a vida empurrando com a barriga”, diz. O autor do livro “A família que Deus criou” dá uma dica interessante: estabeleça metas. “Quando o casal estabelece metas, essas metas se tornam realidade”.
Como líder espiritual e especialista no tema familiar, Josué Gonçalves lembra da importância da família dos noivos. Os pais são figuras de autoridade espiritual e a boa convivência com a família determina o bom relacionamento do casal.
“Está provado que boa parte dos conflitos está relacionada com a falta de habilidade de se relacionar com a família do outro ou com a sua própria família”, disse.
A quarta e última dica dada pelo pastor aos leitores do site se refere à área financeira do casal. “Uma das causas dos conflitos nos casamentos é a questão financeira”, diz ele indicando que os casais precisam desenvolver habilidades para administrar o dinheiro da casa.

Divórcio não é saída de emergência

É impossível falar sobre casamento sem citar os números crescentes de divórcios até mesmo entre casais cristãos. As estatísticas mostram até que não há diferença nos números de separações entre pessoas religiosas e não religiosas.
“O divórcio, infelizmente, ao invés de ser visto como porta de emergência, está sendo visto como porta de saída”, disse Josué Gonçalves.
Na visão do pastor os casais estão procurando o divórcio antes mesmo de tentar resolver os problemas. “Antes [de se divorciar] o casal deve buscar todas as alternativas possíveis para tentar salvar o casamento”.
O conselho que o pastor dá aos casais que estão em crise ou querem evitar conflitos é começar a prestar contas um para o outro. “Casamento é uma sociedade para toda a vida e em uma sociedade os dois precisam prestar contas”.

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?