quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ana Paula Valadão fala sobre adoração profética em revista americana.

COMPARTILHE
A cantora Ana Paula Valadão publicou um artigo na Charisma Magazine, revista evangélica que circula nos Estados Unidos, falando sobre a importância da adoração profética para o crescimento do número de evangélicos no Brasil.
Como líder do ministério de louvor Diante do Trono, Ana Paula comenta que no Brasil além de letras que adoram ao nome do Senhor, temos canções que clamam a Deus por cura e restauração nas famílias e no governo e em outras áreas.
“Nós não somente cantamos canções de adoração a Deus, mas também cantamos nossas orações – especialmente orações para cura da nossa nação. Nós temos muitas canções nacionais nas quais clamamos por cura e restauração das nossas famílias, nosso governo, nossa economia – e essas canções muitas vezes têm precedido o mover de Deus, de maneira que elas tem literalmente rompido as regiões celestiais”, escreveu.
Outro ponto que Ana Paula destaca no artigo são as gravações do Diante do Trono e os congressos de Louvor e Adoração. Ela cita o público de 2 milhões de pessoas que acompanharam em 2003 a gravação do CD “Quero me apaixonar” gravado em São Paulo e compara com o público de Manaus, onde aconteceu a gravação do CD/DVD “Creio” reunindo 800 mil pessoas no ano passado.
“O Brasil é naturalmente um país musical. Mistura de diferentes culturas, diferentes estilos, e a nossa música reflete isso. Ainda que Adoração seja mais do que música, a música é um instrumento para nossa expressão de adoração”, diz a pastora da Igreja Batista da Lagoinha.
Para ela a adoração profética está ligada com o avivamento e com o desejo dos brasileiros em conhecer mais a Deus. “Eu acredito que a adoração tem sido uma chave para esse avivamento. Mas não é apenas uma adoração casual, é estratégica, adoração profética”.
“Além desse movimento de adoração, nós temos visto uma incrível unidade entre os cristãos”, escreve Ana. “Esses ajuntamentos a céu aberto, reúnem líderes de louvor, pastores e cristãos de várias igrejas e denominações diferentes”, diz se referindo a eventos como a Marcha para Jesus que acontece em centenas de cidades brasileiras.
Ana Paula também fala sobre política e cita a batalha espiritual que deputados evangélicos e pastores estão travando contra a aprovação do casamento gay.
“Com tantas pessoas nos ouvindo e nos assistindo, até mesmo pessoas com dificuldades na homossexualidade, nossa adoração é um link vital para ensinar a verdade e expor a escuridão. Por isso nossas canções reforçam princípios bíblicos sobre a família, o valor da vida e outras questões-chave. Nossa adoração é uma intercessão para a nação. Acreditamos que é a chave para livrar-nos de uma religião corrompida.”

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?