domingo, 2 de fevereiro de 2014

, ,

Gravata?! Xiiii - Part. 2

COMPARTILHE


Vamos lá!

Em diversos países do mundo, a gravata não é só um acessório para quem trabalha em grandes empresas  ou para ser usada no casamento e depois pendurada no guarda roupas até ir para o lixo ou para uma caixa de velharia. Este acessório é importante e deixa, quem usa, muito elegante e algumas empresas, aqui no Brasil, não abrem mão de cobrar de seus funcionários o uso dela.
DICAS:

O tamanho das gravatas disponíveis varia entre 140 a 150cm, com a largura variando de 6,5 a 11cm. As gravatas de 6,5 cm são finas e estão atualmente na moda.
Quando o nó estiver pronto, a ponta da gravata deve se situar ao nível da fivela do cinto. 

A seda e o poliéster são os materiais mais utilizados, por proporcionarem os nós mais consistentes. As gravatas de algodão, lã e microfibra são também bastante utilizadas. No momento, estão sendo bastante procuradas as gravatas de jacquard (mais grossas do que as de fourlard).

Recomenda-se que a cor e a estampa da gravata combinem com o biotipo do indivíduo. Uma pessoa de cabelo escuro e pele clara possui contraste natural, de modo que gravatas com mais cor e contraste podem ser usadas sem fazer desaparecer a face. No caso de pessoas com pele e cabelo claros, é melhor usar gravatas com tons claros. Atualmente, as cores mais em moda são: rosa, azul claro, lilás, verde (que vai desde o tom da bandeira até o tom militar) e o marrom (novidade na moda masculina). 

- Para quem gosta de colarinhos estreitos, a sugestão é nunca comprar uma gravata de tecido pesado e grosso.

Se o terno for de uma cor sólida, pode ser usada qualquer gravata  de cor sólida. Os ternos risca de giz não devem ser usados com gravatas listradas, pois se apagam mutuamente. Ao se usar um terno para se fazer uma entrevista de emprego, deve-se escolher uma gravata tradicional azul ou vermelha.

- O mais importante: Se você não gosta de nó de gravata, então simplesmente não a use e deixe o colarinho aberto.
OS NÓS




1 - Nó Simples

O nó simples é o grande clássico de nós de gravata. Ele é sem dúvida o mais utilizado porque é simples de realizar e condiz com a maioria das gravatas e colarinhos das camisas. Ele é perfeito para os homens de média ou elevada estatura. Cónico e alongado, o nó simples é estreito quando realizado com gravatas finas e mais largo quando realizado com gravatas grossas. 

Nomes: nó simples, Four-in-Hand, carruagem
Morfologia: tamanhos médios, homens grandes, bustos longos, pescoços largos
Tipo de colarinhos de camisa: quase todos
Tipo de gravatas: quase todos



2 - Nó Duplo

nó duplo é muito parecido com o nó simples a única diferença é que requer uma segunda rotação; no inicio, a parte larga é passada duas vezes em redor da parte estreita. Mais grosso no seu aspecto que o nó simples, o nó duplo é ideal com a maioria das camisas. Ele é perfeito com todas as gravatas com à exceção das muitas espessas.

Nomes: nó duplo, duplo simples, Victoria, Príncipe Alberto
Morfologia: quase todos tamanhos
Tipo de colarinhos de camisa: quase todos
Tipo de gravatas: standard, finas, não muito espessas



3 - Nó Windsor

nó Windsor é o nó das grandes ocasiões. Muito inglês, o seu nome provêm do Duque de Windsor que o popularizou. Como ele é volumoso, deve ser realizado de preferência em colarinhos afastados, como os colarinhos italianos ou os colarinhos Windsor. Por vezes complexo a realizar, ele, para ser bem executado, necessita cair entre as duas partes do colarinho e de esconder o último botão da camisa. 

Nomes: nó Windsor, nó inglês, cheio Windsor, duplo Windsor
Morfologia: tamanhos médios, homens pequenos, bustos curtos, pescoços finos
Tipo de colarinhos de camisa: clássicos, afastados
Tipo de gravatas: standards, longas, finas



4 - Nó Meio Windsor

Meio Windsor assemelha-se ao nó Windsor no entanto menos espesso e mais fácil de realizar.
Ele utiliza-se idealmente com gravatas finas ou pouco espessas. Elegante e triangular, ele adapte-se preferencialmente sobre uma camisa de colarinho clássico ou uma camisa de colarinho aberto. 

Nome: meio Windsor, nó francês
Morfologia: quase todos os tamanhos
Tipo de colarinhos de camisa: clássicos, afastados
Tipo de gravatas: standards, finas, pouco espessas



5 - Nó Pequeno

nó pequeno é como seu nome indica : pequeno. Ele adequa-se particularmente às gravatas espessas ou às camisas com colarinho apertado. Deve evitar-se em camisas com colarinho longo ou afastado. Fácil a realizar mesmo necessitando de uma "rotação" de 180 °, o nó pequeno é a fórmula mais simples de fazer uma gravata.

Nomes: nó pequeno, oriental
Morfologia: homens grandes, bustos longos, pescoços largos
Tipo de colarinhos de camisa: clássicos, apertados
Tipo de gravatas: standards, espessas



6 - Nó Borboleta

Tal como a gravata clássica, a borboleta não aceita todas as cores nem motivos. Geralmente preto, o nó borboleta utiliza-se com um smoking preto e uma camisa branca com colarinho partido; Ele pode ser igualmente utilizado de forma mais descontraída com um fato e uma camisa com colarinho afastados.

Nome: Nó borboleta
Morfologia: todos os tamanhos 
Tipo de camisas: colarinhos partidos, colarinhos afastados, colarinhos italianos 
Tipo de gravatas: borboleta







GUARDANDO AS GRAVATAS

Devem deixá-las estendidas preferencialmente em cabides apropriados, disponíveis no mercado.

Ao viajar, enrole suas gravatas e coloque-as dentro dos sapatos.
Isso é importante pois previne de dobrá-las dentro das malas, o que pode resultar em marcas que podem, eventualmente, danificar o tecido.







Meninos, então é isso!

Espero que tenham gostado e aproveitem para arrasar com a gravata perfeita!

Testem e depois me contem, ok!


Beijinhos!!!

Fonte: Gracia Style

Colunista: Myschelle Silva*


0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?