sábado, 28 de fevereiro de 2015

Deus me abandonou?

COMPARTILHE

 Existem momentos em nossa vida, que tudo está de cabeça para baixo. Oramos e nenhuma resposta vem Dele. Fazemos um propósito e nada acontece. Jejuamos e nada muda.

Resta-nos a conclusão: DEUS ME ABANDONOU!


Quando se trata de algo material, muitas vezes nos sentimos abandonados porque nos dias de hoje, o que se tem pregado do Evangelho, é que a prosperidade é algo certo. Aceitou Jesus? Prepare-se para realizar todos os seus sonhos materiais! E como isso não é verdade, e as lutas muitas vezes se tornam maiores do que eram antes, nos sentimos abandonas por Deus. Onde está o carro que Ele ia me dar? Onde está minha casa própria que o Pai me prometeu? O que fiz de errado para que Ele resolvesse não me dar mais a benção prometida?


Na verdade, nosso erro é achar que Deus é apenas um carro ou uma casa. Ter o conceito de que a felicidade consiste nisso é pura ilusão. Nossa falha é buscar as bênçãos e não o Abençoador. Deus tem muito mais para nós do que apenas coisas compráveis.
Deus tem para nós o Céu, e a Salvação em Cristo Jesus.


Mas o problema também pode ser algo pessoal: um marido que não larga a bebida, um filho que a cada dia se joga mais nas drogas, um relacionamento amoroso que não é o que esperávamos em Deus, etc. Situações em que nos encontramos totalmente no deserto. E há que se diga que não há lugar onde nos sentimos mais abandonados por Deus do que no deserto.


A palavra deserto vem do latim desertu que significa lugar solitário ou de solidão. É nele que somos tratados por Deus.
O povo de Israel precisava ser transformado, antes de herdar a Terra Prometida. (Êxodo 13: 17-22)
Não é uma questão de abandono e nem de sofrimento. Trata-se de tratamento. Ninguém amadurece na área emocional ou espiritual, se tudo vai bem em sua vida. São necessários os momentos de dor, conflitos e dificuldades, para nos desenvolvermos como pessoa, e nos tornarmos melhores diante de Deus.


Fatores necessários para passar pelo deserto e vencê-lo: Humildade, Transformação e confiar em Deus. Assim estaremos prontos para receber as bênçãos do Senhor.
Ou seja, na dificuldade financeira estamos aprendendo para quando tivermos mais condições, ou aprendendo a viver e aceitar o que Deus nos deu. Quando alguém que amamos usa drogas, ou não se converte, é a oportunidade de aprendermos a ter mais intimidade com Deus. Frente à essas situações, inevitavelmente oramos mais, jejuar mais, buscarmos ter experiências tremendas com o Pai. Quando um relacionamento não dá certo, é a oportunidade de sermos melhores para o verdadeiro relacionamento que Deus nos dará, entendendo que devemos esperar Nele.


Deus jamais nos abandonará. Ele nos ama incondicionalmente. Ele quer mais e mais intimidade conosco. Jamais estaremos sozinhos, pois, as misericórdias do Senhor se renovam a cada dia (Lamentações 3:23), em nossa vida.
Confie no Senhor. Entregue seus problemas a Ele, e entenda, que ainda que seus amigos e familiares te abandonem, o Senhor sempre estará contigo, te guardando e te protegendo, pois, Ele é assim e não pode negar-se a Si.


"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti" (Isaías 49:15)



No amor de Cristo,
@rhanusia e @tavaresbru
Email: brunatavareserhanusia@gmail.com
Facebook para curtir: www.facebook.com/BrunaTavareseRhanusia

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Se Jesus voltasse hoje você subiria?