domingo, 8 de março de 2015

Eu escolho Cristo todo dia.

COMPARTILHE
Venho dizendo com o passar dos anos que a segunda maior decisão que um homem pode tomar na vida é escolher a pessoa com quem ele vai viver. A primeira é aceitar Jesus como Salvador. Decidir qual profissão seguir, quantos filhos ter ou onde morar e até mesmo que ministério se dedicar está vinculado diretamente a essas duas decisões.Uma escolha errada não mudará o seu passado, mas interferirá, necessariamente, no seu presente e futuro.Hoje em dia casamentos são tratados como negócios e pessoas como objetos.Saiu recentemente num Jornal de grande circulação nacional uma proposta de Lei no México para que não houvesse mais casamentos e sim, contratos de 2 anos, podendo ou não ser renovados. 

A pessoa se uniria a outra com prazo determinado de dois anos. Após esse período ambos optariam em se renovar o contrato ou cada um seguir sua vida separadamente.“A Assembleia Legislativa da Cidade do México vai discutir uma mudança no Código Civil para implantar contratos de casamento que possam ser renovados a cada dois anos, caso os cônjuges queiram continuar com o relacionamento.”Dá-se a impressão que estou falando de mercadorias, mas não, são duas vidas sendo tratadas como “coisas”.Não bastasse essa discrepância, em Amsterdã, na Holanda, as praças foram liberadas para sexo. Não apenas uma, não durante a madrugada, não no período de carnaval, nada disso, o rapaz não precisa mais chegar à moça e pedir pra “ir ali no escurinho”, agora é “vamos ali na pracinha”, a luz do dia, na frente de todo mundo.

“AMSTERDÃ – A polícia holandesa determinou que a partir do segundo semestre deste ano não será mais crime ter relações sexuais nos parques públicos de todo o país.”To começando a achar que Sodoma e Gomorra seriam mais “light” nos dias de hoje.Isso me preocupa. Isso preocupa aos meus olhos, a minha alma. Isso preocupa o meu coração. Será que estamos fazendo a coisa certa? Será que estamos fazendo a diferença por onde passamos? Estamos salgando esta nação ou simplesmente seguindo “sem rumo e sem documento” “deixando a vida me levar”?Somos o sal da terra. A palavra Salário vem de Sal, então somos o salário de Jesus, a recompensa dEle. Antigamente um trabalhador era pago com SAL que era um produto muito precioso na época. Nós como SAL somos o pagamento de alguém que fez um trabalho. Jesus trabalhou por nós na Cruz, somos o seu pagamento, o seu salário. Hoje o sal não vale quase nada e da mesma forma tratamos as pessoas como se elas não tivessem valor algum.
SOMOS O SALÁRIO DE CRISTO. Temos nos comportado como tal?Todo mundo é tentado, isso é fato. E a tentação nunca é fácil de ser vencida. Os pecados te chamam e as propostas tentam te seduzir, escolher qual decisão tomar fará toda a diferença no hoje e no amanhã. Essa atitude precisa ser diária, por isso eu escolho Cristo todo dia.Corte o mal pela raiz. Tome a decisão, não ceda à tentação, pois:“Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Tiago 1:14-15Morra para si mesmo, mate a sua carne, assassine o desejo que tenta te destruir, dê um tiro bem no meio da testa dele e escolha viver pra Cristo todo dia, deleitando-se nEle e para Ele.
 Na paz d’Aquele que nos escolheu primeiro,

Felipe Heiderich Pastor e apresentador de TV
Twitter: @FelipeHeiderich
Eu Escolhi Esperar

0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?