sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Cuidado com as palavras na vida das crianças - Benção ou Maldição.

COMPARTILHE


Abençoar e amaldiçoar é uma autoridade dada aos homens por Deus desde a antiguidade e vemos na Palavra a sua seriedade. As recomendações feita pelo Senhor são inúmeras quanto ao falar, pois, as palavras podem dar vida ou morte.
Mateus 12.36,37

“Digo-vos que toda palavra frívola ( fútil, leviana, volúvel, vã) que proferirem os homens , dela darão conta no dia do juízo. Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pela tuas palavras serás condenado.”
Tiago 3.10

“... De uma só boca procede benção e maldição.”
 Marcos 11.23

“ Se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar... Assim será...”
Marcos 11.14,21

“...Nunca jamais coma fruto de ti... A figueira que amaldiçoaste, secou.”

A palavra e dotada de poder para abençoar e amaldiçoar.

Muitas vezes não temos este cuidado, na hora de brigar ou até mesmo de "brincadeira", podemos estar amaldiçoando a vida de uma criança, por exemplo: Danado, muito comum no Brasil, mas seu significado é condenado ao inferno. (Dicionário Aurélio), ou quando chamamos de burro, feio, gordo (mesmo aquele gordo, gordinho "carinhoso"), dizer que "faz tudo errado", etc. São palavras de maldição e mesmo para psicologia fica no inconsciente gerando adultos com baixo estima, reprimidos. "Que menina feia" a frase é quase automática quando sua filha bate no amiguinho, mas pense bem. Se você fala assim com a criança, é porque era assim que seus pais falavam com você. Out ros exemplos são: "Você não tem jeito mesmo!", ou "Que menino malcriado!". Até a ironia assusta e magoa a criança: "Que bela porcaria você sempre faz!".

Em vez de usar frases negativas assim, procure jeitos de elogiar e ressaltar as qualidades boas da criança. E, na hora do mau comportamento,critique o comportamento, não a criança. É melhor dizer "Bater é feio!" ou "Que coisa feia você fez", que "Sua feia! Não faça mais isso!".


É importante combater a imagem que os meios de comunicação passam, elogiar as crianças pelo que são, lembrem que para Deus "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada"


Provérbios 31:30, este versiculo também valem para os homens, assim cresceram se sentindo belas e vitoriosas ao olhos de Deus.

É comum os pais nem perceberem que estão abusando das palavras. Tente dizer exatamente o que quer que seu filho faça (ou não faça), mesmo que esteja com raiva. Se ele insiste em cutucar o irmão na hora do jantar, diga "Pare de fazer isso" ou "Não incomode o seu irmão", em vez de falar "Por que você tem que ser uma peste?" ou "Por que você nunca pára quieto?". 


Pais são a autoridade máxima na vida do seu filho. Se você diz que ele é feio, malcomportado, agitado demais, malcriado, ele vai acreditar.

Pais, familiares, amigos, professores, cuidado com os termos usados em relação as crianças, falem palavras edificantes , construtivas e positivas; assim certamente serão honrados pelo Deus vivo.


Pais paguem o preço pelo filho, orando; jejuando; ensinando.

"Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar". Mateus 18:6 

Abaixo deixe o seu ponto de vista, COMENTE!

AUTORIA: KELLY MONOCIGLO DE ÁVILA
ADAPTAÇÃO: PORTAL DISCÍPULOS


0 comentários:

Postar um comentário

FALE CONOSCO

Nome E-mail * Mensagem *

Você se sente acolhido pela congregação que faz parte?